5 dicas para criar um jardim com borboletas

Como criar um jardim de atração para as monarcas

Separamos 5 dicas para criar um jardim com borboletas incrível! Todos os jardins não são criados iguais. Basta perguntar a qualquer borboleta! Criar um jardim para borboletas vai compensar a destruição de áreas verdes que o desenvolvimento urbano gerou. Jardinagem sem pesticidas também ajuda! Seu esforço vem em um momento importante, pois é preocupante o desaparecimento das borboletas. Se você salvar 10 borboletas e ajudá-las a ter um ambiente seguro por 3 gerações (cerca de 4 meses), você terá salvo 80.000 ovos! Parece um exagero, mas é verdade. Por conta da importância das borboletas para o ecossistema, isso é de um valor inimaginável.

Qualquer pedacinho de verde já é o suficiente para começar. E com as dicas para criar um jardim com borboletas fica bem mais fácil. Muitas espécies de borboletas não migram e podem permanecer durante todo o ano com você. Porém, não basta fornecer néctar de flores para as borboletas. Você pode fornecer habitat e alimento para todo o seu ciclo de vida – ovos, larvas, pupas e  borboletas. Nesse sentido você estará alimentando todo o ciclo e garantindo proteção e alimento para seu desenvolvimento completo.

Nesse meio tempo, se você tem crianças, é uma ótima atividade para envolvê-los. No acampamento Águias da Serra que existe junto ao borboletário, a explicação dos ciclos das borboletas é uma das atividades que mais encanta.

Baixe nosso guia de como criar um jardim com borboletas!

Criamos um guia especial com dicas de como montar o seu jardim. Baixe agora no link abaixo. É gratuito!

Você já visitou um borboletário? Venha ver as borboletas de pertinho

Quais são as dicas para criar um jardim com borboletas?

Plantas Hospedeiras

Em primeiro lugar as borboletas precisam de um local para colocar os ovos onde as lagartas vão se alimentar. Cada espécie de borboleta necessita de uma espécie de planta específica. Mas essas plantas geralmente não são “bonitas” e sim folhagens. São plantas para serem colocadas nos cantos do seu jardim e vão ficar com as folhas todas comidinhas. A dica é você achar a espécie de borboleta que mais gosta e pesquisar na internet qual é sua planta hospedeira (uma pesquisa simples no google já é suficiente). Assim você pode compor um jardim com suas borboletas preferidas!

Poças de lama

As borboletas não se alimentam somente de néctar! Acima de tudo elas possuem uma grande necessidade de sais minerais. Elas conseguem isso na terra molhada. Por isso crie alguns espaços no seu jardim somente com uma terrinha úmida (não precisa ser muito).

Diversidade de fontes de néctar

As borboletas na fase adulta em sua maioria se alimentam de néctar de flores. Por isso prepare um jardim com uma variedade de flores para garantir alimento suficiente. Qualquer espécie é bem-vinda. Somente garanta plantas que floreiam em diferentes épocas do ano. Assim você garante que o seu jardim de borboletas esteja sempre atraente.

Muito, muito sol!

Crie um jardim com muitos espaços ensolarados. O calor é muito importante para as borboletas e as ajudam a deixar as asas sempre sequinhas e aumenta seu metabolismo.

Pense no papel do seu jardim para borboletas

É uma fonte de habitat (sistema de alta qualidade que suporta o aumento da população)? Por outro lado, será que seu jardim é mais uma ilha?

A princípio alguns jardins podem fornecer o ciclo de vida completo de uma espécie de borboleta. Em contrapartida outros acabam só atuando em uma de suas fases.

Quando for criar um jardim para borboletas que o seu espaço não está desconectado dos arredores. Caminhe pelo quarteirão e veja sua vizinhança através dos olhos de uma borboleta. Assim como converse com seus vizinhos e veja o que eles estão plantando. Assim observe os possíveis corredores de conexão amigáveis às borboletas. Por fim os pátios, as avenidas e os espaços verdes locais podem ajudar a apoiar as suas borboletas?

Vai criar um jardim para borboletas? Confira algumas curiosidades

  • Dias ensolarados são os melhores para observar borboletas.
  • Algumas borboletas vivem apenas uma semana. Mas a temporada de voo para uma espécie pode ser superior a um mês. A “super” monarca pode viver por alguns meses.
  • No Brasil a alta temporada das borboletas vai de setembro a abril.
  • A diferença entre machos e fêmeas é mínima. Já que somente o corpinho das fêmeas é um pouquinho mais largo.
  • Borboletas e beija-flores compartilham as flores de néctar! Por isso voc